Quais as diferenças entre oftalmologista e oculista?


Entenda as diferenças entre oftalmologista e oculista e descubra quando você deve procurar cada um.

Algumas pessoas pensam que essas duas áreas são similares por tratarem do bom funcionamento dos olhos. Mas as coisas não são bem assim.

Vamos falar um pouquinho sobre o que faz o oftalmologista e o oculista e, principalmente, quando você deve procurar cada um desses profissionais.

O que faz o oftalmologista?

É importante entender que a oftalmologia é a área da medicina especializada em patologias e alterações oculares, desde o simples receitar de óculos.  Logo o oftalmologista é o médico formado responsável pelo diagnóstico e tratamento de doenças como ceratocone, catarata, glaucoma, prescrição de lentes, etc.

Dentro da oftalmologia existem ainda outras especializações, como especialistas em córnea e lentes de contato, retina, estrabismo, glaucoma, vias lacrimais e plástica ocular. A escolha do oftalmologista é importantíssima para garantir que o seu problema será resolvido da maneira segura e eficaz.

E o que faz o oculista?

Agora vamos entender a função do oculista. Ele é o profissional responsável pela produção e adaptação de lentes refrativas. Enquanto o oftalmologista é um médico com formação superior, o oculista é um técnico óptico que atua em laboratório, capaz de orientar o paciente de acordo com a prescrição médica prescrita.

Diferenças entre oftalmologista e oculista

Quando devo procurar cada um?

Você deve procurar um oftalmologista em duas ocasiões:

  • Prevenção: é importantíssimo você ter o hábito de visitar o seu oftalmologista pelo menos uma vez ao ano para garantir que está tudo bem com seus olhos. Exames de rotina muitas vezes identificam patologias em estados iniciais, e isso permite que o tratamento seja mais eficaz.
  • Sinais de alerta: coceira, vermelhidão, vista embaçada, dores de cabeça, etc. Existem inúmeros sintomas como esses que podem indicar que algo não está certo com a sua visão. Se você identificar alguns desses sinais procure imediatamente um oftalmologista.
  • Muitas vezes a queixa principal é a dificuldade de enxergar ou a dor de cabeça. Nestes casos quanto mais precoce for diagnosticado e corrigido o erro de visão, menor a chance da progressão deste grau.

Você precisará do oculista quando tiver problemas com as lentes do seu óculos. Além disso, ele irá garantir que tudo que seu oftalmologista recomendou seja produzido de acordo com a sua necessidade e prescrição do médico.

Comentários

Comentários

Entre em contato

Entre em contato conosco e agende uma consulta. Será uma satisfação atendê-lo(a)!

Acesse Agora