Perda da visão por diabetes

perda-da-visao-por-diabetes

Saiba como acontece a perda da visão por diabetes.

É comum a perda da visão por diabetes. Esse problema está associado a certos tipos de patologias oculares devido a lesões crônicas secundárias ao descontrole da glicemia tão comum nessa doença.

Nesse texto vamos falar um pouco dessas doenças oculares e como proceder para prevenir e tratá-las.

Possíveis Complicações

As doenças oculares secundárias ao diabetes tem gravidade variável dependendo do estágio em que são diagnosticadas e podem resultar em perda parcial ou total da visão. Por isso é importante estar atento ao tratamento da diabetes, e claro, à possíveis sintomas na visão.

Retinopatia Diabética

Essa complicação ocular se desenvolve progressivamente, podendo ocasionar problemas graves, como hemorragia e descolamento da retina. Seus sintomas podem ser discretos como manchas flutuantes, embaçamentos e distorções na visão.

Existem diversos tipos de tratamento para a Retinopatia Diabética e caberá somente ao seu oftalmologista indicar qual é o mais apropriado para sua condição.

Catarata

Adultos com diabetes possuem até cinco vezes mais chances de desenvolver catarata. O principal sinal dessa patologia é o embaçamento da visão, como uma nuvem no campo de visão.

O tratamento mais eficaz é a Facoemulsificação com implantes de lente intraocular (Cirurgia de Catarata), obviamente assim que as condições da retina permitirem. Quanto mais cedo for executada, mais seguro será o procedimento e mais rápida a reabilitação visual.

Glaucoma

As complicações que envolvem o aumento da pressão intraocular e a danificação do nervo óptico fazem parte do que é considerado a manifestação do glaucoma. Quem é diabético, tem o risco maior de desenvolver a doença. O Glaucoma na maioria das vezes não apresenta nenhum sintoma, daí a necessidade de exames periódicos.

Não existe uma cura definitiva para o glaucoma, entretanto ele pode ser controlado com o tratamento apropriado de um oftalmologista especializado na doença.

Edema Macular Diabético

Caracterizado pelo “inchaço” da região responsável pela visão central do olho, o edema macular diabético (EDM) pode ser revertido com o diagnóstico precoce. Seus sintomas são discretos no início, mas se agravam consideravelmente ao longo do tempo e podem ser irreversíveis se não tratado.

Juntamente com o controle rigoroso do diabetes, a melhor maneira de tratar essa complicação dependerá do grau de evolução da doença. Caberá ao seu oftalmologista indicar o melhor tratamento, envolvendo na maioria das vezes a fotocoagulação a laser da retina e aplicação intraocular de medicamentos específicos para a condição.

Previna-se

A melhor maneira de prevenir as doenças oculares diabéticas é tendo o controle da diabetes em dia. Não deixe de fazer exames periódicos para acompanhar a evolução da doença e lembre-se: manter-se saudável, alimentar-se bem e se medicar corretamente é a melhor maneira de prevenir qualquer complicação da doença.

Toda pessoa diagnosticada com diabetes precisa estar atenta a qualquer alteração na visão, pois pode significar o desenvolvimento de alguma doença ocular. Nesse caso procure um oftalmologista imediatamente, pois diagnosticada com antecedência o controle total da doença torna-se possível.

Comentários

Comentários

Entre em contato

Entre em contato conosco e agende uma consulta. Será uma satisfação atendê-lo(a)!

Acesse Agora